Fear of Love
by Thay Gomez
“Gosto daquilo que contraria. Gosto do sabor da rebeldia. Gosto da diferença, fujo de coisas iguais. Se todos gostam do sol, eu gosto da chuva. Se todos gostam de doce, eu gosto de salgado. Se todos gostam amarelo, eu gosto de azul. Eu gosto do que você não gosta. Eu gosto de não ter o gosto que torna todos os gostos iguais.” - Thay Gomez
Theme
»
Ah, fumarás demais, beberás em excesso, aborrecerás todos os amigos com tuas histórias desesperadas, noites e noites a fio permanecerás insone, a fantasia desenfreada e o sexo em brasa, dormirás dias adentro, noites afora, faltarás ao trabalho, escreverás cartas que não serão nunca enviadas, consultarás búzios, números, cartas e astros, permanecerás em fugas e suicídios em cada minuto de cada novo dia, chorarás desamparado atravessando madrugadas em tua cama vazia, não conseguirás sorrir nem caminhar alheio pelas ruas sem descobrires em algum jeito alheio o jeito exato dele, em algum cheiro estranho o cheiro preciso dele.
- Morangos Mofados. (via recontador)
3 weeks ago on July 30th, 2014 |1,415 notes
3 weeks ago on July 30th, 2014 |2,514 notes
3 weeks ago on July 30th, 2014 |2,514 notes
Quero pessoas que gostem do meu verdadeiro eu.
- As Vantagens de Ser Invisível. 
3 weeks ago on July 28th, 2014 |13,101 notes
3 weeks ago on July 27th, 2014 |113,825 notes
3 weeks ago on July 27th, 2014 |31,847 notes
Mas quando a gente fica vermelho, não é o mesmo que dizer “sim”?
- O Pequeno Príncipe.   
3 weeks ago on July 27th, 2014 |107,103 notes
3 weeks ago on July 27th, 2014 |57,645 notes
O teu sorriso me tortura.
- O Garoto de Terno.  
3 weeks ago on July 27th, 2014 |1,655 notes
3 weeks ago on July 27th, 2014 |679 notes

Você, que já foi tudo e mais um pouco, é agora um quase. Eu quase consigo te tratar como nada. Mas aí quase desisto de tudo, quase ignoro tudo, quase consigo, sem nenhuma ansiedade, terminar o dia tendo a certeza de que é só mais um dia com um restinho de quase e que um restinho de quase, uma hora, se Deus quiser, vira nada. Mas não vira nada nunca. Eu quase consegui te amar exatamente como você era, quase. E é justamente por eu nunca ter sido inteira pra você que meu fim de amor também não consegue ser inteiro. Eu quase não te amo mais, eu quase não te odeio, eu quase não morro com a sua presença. O problema é que todo o resto de mim que sobra, tirando o que quase sou, não sei quem é.

- Tati Bernardi. 
3 weeks ago on July 27th, 2014 |9,571 notes
Raw'r

Anonymous

Rawwr (to curiosa, quem é?)

3 weeks ago on July 27th, 2014 |0 notes
3 weeks ago on July 27th, 2014 |6,765 notes

espelho: “vc tá lindo hoje” câmera: “não acredite no espelho”

3 weeks ago on July 27th, 2014 |25,255 notes
3 weeks ago on July 27th, 2014 |9,824 notes